Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Camaquã - RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Twitter
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
18
18 MAR 2022
ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO
GABINETE
SAÚDE
Uso de máscara ao ar livre não é mais obrigatório em Camaquã
enviar para um amigo
receba notícias
Medida segue decreto do Governo do Estado.

A Prefeitura de Camaquã publicou, nesta sexta-feira (18), o decreto nº 25.284 seguindo as orientações do decreto estadual n° 56.422 que desobriga o uso de máscaras ao ar livre. A medida segue todas as alterações normativas e demais regras definidas pelo governo do Estado e elaboradas a partir de nota técnica do Comitê Científico e do Centro de Operações e Emergência em Saúde (COE) do Rio Grande do Sul. A novidade já está em vigência. 

Conforme texto divulgado pelo Governo do Estado e seguido pelo município, "o uso de máscara ao ar livre segue recomendado, sem punição em caso de não utilização, a pessoas com maior vulnerabilidade (não vacinadas ou sem a dose de reforço, com doenças autoimunes, que usam medicamentos imunossupressores ou realizando tratamento de câncer ou com doenças crônicas descompensadas, entre outros), em ambientes ao livre com alta concentração de pessoas (estádios de futebol, por exemplo) e ainda em locais que prestam atendimentos de saúde, mesmo em área externa (como farmácias, laboratórios e hospitais)".

Além disso, ainda de acordo com o texto, "fica recomendado o uso da máscara em outras situações de alto risco, como quando estiver a menos de um metro de distância das demais pessoas e em locais com grande número de pessoas sem esquema vacinal completo". O uso da máscara em espaços fechados continua sendo obrigatório.

Conforme parecer técnico do Cevs, “a situação epidemiológica atual do território gaúcho permite retirar as sanções e a obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre”. A nota se baseia nos indicadores epidemiológicos atuais de redução de internações e avanço da vacinação no Estado, que chega a 76% da população com esquema vacinal completo (duas doses ou dose única).

VACINAÇÃO

A Prefeitura de Camaquã reforça que a população deve completar o ciclo vacinal, a fim de reforçar a imunização contra o coronavírus.
 
Autor: Tarso Ribeiro - Ascom Prefeitura de Camaquã
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia