CATEGORIA : Saúde
Vigilância em Epidemiologia coloca trabalhadores em isolamento

15/05/2020 às 10:13:00

Trabalhadores nordestinos foram colocados em isolamento social, onde serão monitorados pelas equipes de saúde

 

A noite desta quinta-feira (14), foi anormal para a população camaquense, após ser noticiado que um grupo de aproximadamente 90 trabalhadores do Estado do Piauí, os quais foram contratados para realizarem obra de ampliação de rede de transmissão, estariam se alojando em Camaquã, sendo que foram impedidos judicialmente a sua entrada na cidade de Pelotas.
Assim que o Executivo Municipal tomou conhecimento deste fato, acionou as equipes de fiscalização, acompanhados da Brigada Militar, começaram a procurar estes veículos, onde foi encontrada apenas um deles, já com seus passageiros hospedados em hotel da cidade.
No mesmo instante já foram colocados em isolamento, ficando uma equipe de plantão impedindo que estes trabalhadores viessem a transitar na cidade.
Já outra equipe, acompanhada pela Polícia Rodoviária Federal, encontraram o segundo veículo em um posto de combustível na cidade de Tapes, onde foram instruídos a seguirem viagem até seu destino final, que seria Pelotas, no mesmo instante as equipes acompanharam este ônibus até a cidade do Cristal, não permitindo sua entrada em Camaquã.
Esta força tarefa montada pelos órgãos fiscalizadores, contando com Secretaria da Saúde, Vigilância em Epidemiologia, Divisão de Trânsito, setor de Fiscalização Tributária, Polícia Civil, Brigada Militar e Polícia Rodoviária Federal, se mobilizaram para tentar impedir o acesso destes ônibus na cidade, evitando desta forma a possível proliferação do Covid-19, assim trazendo segurança na área da saúde para a comunidade camaquense.
O Governo Municipal está atento para a situação, sendo que irá notificar a empresa responsável pelos trabalhadores, para que apresentem um plano de contingenciamento.
Todas estas pessoas caso continuem em Camaquã, ficarão em isolamento social por 14 dias, seguindo os protocolos de saúde, sendo que aproximadamente 60 pessoas estão sendo monitorados por profissionais de saúde. Também está sendo montado pelo Poder Público estratégia, fazendo rodízio entre fiscais para evitar com que estes trabalhadores saiam do ambiente de isolamento social.


Fonte: Assessoria de Imprensa de Camaquã