Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Camaquã - RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Twitter
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
08
08 ABR 2019
GABINETE
Prefeito de Camaquã busca solução para os bombeiros
enviar para um amigo
receba notícias

Atendimento do Corpo de Bombeiros não afetará a população, e o prefeito Ivo esta em tratativas com o Governo do Estado para o aumento do efetivo militar da corporação

 

Após grande polêmica gerada nas redes sociais sobre a redução de 50% do efetivo civil do Corpo de Bombeiros de Camaquã, onde muitos sem o real conhecimento dos fatos, causou um grande agito na comunidade, a qual foi informada por estas redes que o Executivo iria até extinguir a corporação de bombeiros. Fato este que é inverídico, a redução destes servidores foi de comum acordo com o comando Estadual do Corpo de Bombeiros, que afirmou que com a redução do efetivo dos civis não seria afetado o atendimento à população.
Sendo assim, o Executivo teve a iniciativa de realocar estes servidores para pastas que necessitam de profissionais qualificados, como por exemplo, motoristas de ambulâncias, que encontra-se deficitário por ter condutores em licença saúde ou interesse.
Logo após o próprio comando, informou que, será destinado no mês de junho, 300 novos formandos no corpo de bombeiros do Estado, e que, teria a possibilidade de enviar novos bombeiros para Camaquã.
E hoje a agenda do Prefeito Ivo de Lima Ferreira, está agitada no Palácio Piratini, onde encontra-se em reunião com o Governador Eduardo Leite e o Secretário de Segurança, Ranolfo Vieira Junior, buscando junto ao Estado o aumento do efetivo, assim que estes novos bombeiros sejam formados.
Outro problema enfrentado pelo município, é de que, a corporação atende a cidade de Camaquã e mais 7 municípios vizinhos, sem nenhuma ajuda tanto financeira, quanto de mão de obra, então o Prefeito Ivo não acha justo arcar sozinho com os custos dos bombeiros civis para atender estes municípios da região.
Todos os bombeiros que foram realocados para as secretarias municipais também não terão prejuízo em seus salários, nem mesmo o município, pois o Governo do Estado irá suplementar a falta com bombeiros militares ao qual é o dever do próprio Estado.
Também esta acompanhando as conversações o Deputado Federal, Lucas Redecker, para tratar dos detalhes deste procedimento de aumento do efetivo do Corpo de Bombeiros de Camaquã.

Fonte: Assessoria de Imprensa de Camaquã
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia