Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Camaquã - RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Twitter
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
28
28 JUN 2022
FAZENDA
Prefeitura amplia obrigatoriedade da Nota Fiscal Eletrônica aos prestadores de serviços do município
enviar para um amigo
receba notícias
Implantação foi determinada através da Instrução Normativa N° 01/2022 para três novas categorias.

A Prefeitura de Camaquã publicou, no último dia 20 de junho, a Instrução Normativa N° 01/2022 que amplia a obrigatoriedade da Nota Fiscal de Serviços Eletrônicos – NFS-e aos prestadores de serviço estabelecidos no município de Camaquã. A implantação dá sequência ao cronograma gradual de obrigatoriedade de emissão da NFS-e que ocorre desde o ano de 2015.

Dando sequência à implementação, o Poder Público emitiu a instrução normativa colocando a obrigatoriedade para três novas categorias de prestadores de serviços:

1 – aos que prestarem serviço à administração municipal do município de Camaquã, a partir da data de entrada em vigor desta Instrução Normativa.

2 – a qualquer prestador de serviço que iniciar sua atividade a partir da data de entrada em vigor desta Instrução Normativa.

3 – Os prestadores de serviço terão sua adesão obrigatória diante de novo pedido de Autorização de Impressão de Documentos Fiscais – AIDF (talão de notas), implicando no cancelamento automático da autorização das Notas Fiscais em papel e estando também obrigado a apresentação das Notas Fiscais em papel em seu poder ao fisco.

O procurador chefe do município, Fabiano Ribeiro, reforçou a obrigatoriedade da nota fiscal eletrônica aos prestadores de serviços. “Essas três categorias, aqueles que abrirem uma nova empresa já começarão a ter que emitir a nota fiscal eletrônica, os prestadores de serviço, ou àqueles que virem a pedir um novo talão de notas agora passam a integrar esse processo de digitalização importante para todos”, ressalta Ribeiro.

A Secretaria da Fazenda, atendendo às peculiaridades do contribuinte, poderá prorrogar o prazo para obrigatoriedade da emissão da NFS-e ou dispensá-lo da obrigação.
Autor: Tarso Ribeiro - Ascom Prefeitura de Camaquã
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia